"Todo o crédito pertence ao homem que está de fato na arena; cuja face está arruinada pela poeira e pelo suor e pelo sangue; aquele que luta com valentia; aquele que erra e tenta de novo e de novo; aquele que conhece o grande entusiasmo, a grande devoção e se consome em uma causa justa; aquele que ao menos conhece, ao fim, o triunfo de sua realização, e aquele que na pior das hipóteses, se falhar, ao menos falhará agindo excepcionalmente, de modo que seu lugar não seja nunca junto àquelas almas frias e tímidas que não conhecem nem vitória nem derrota."


BLOG MELHOR VISUALIZADO NO MOZILLA FIREFOX!

12 de mar de 2012

PROVA (003ª) – Falhei..

Pela primeira vez, desisti na metade de uma prova... Agora com a cabeça mais fria e bastante arrependido, posso dizer, sem qualquer vergonha, fui fraco, fui covarde...
Faltou aquela velha teimosia/persistência eu um pouco mais de motivação para concluir a prova, a final faltava apenas mais 7K, o ritmo estava controlado, mas a cabeça de corredor não...
Não vou colocar a culpa na distribuição de água (na minha opinião teve falhas) e nem tampouco no forte calor, pois no ritmo que eu estava teria concluído a prova dentro do planejado (aproximadamente 2h15`).
Na realidade a culpa é só minha, pois como disse antes fui fraco...
Agora preciso voltar a treinar com aquela velha garra, aquela determinação de outrora, preciso esquecer este domingo e concentrar minhas forças e meus treinos na Meia de Floripa que ocorrerá em 17/06, lá a história será diferente... Eu prometo...

19ª Meia Maratona Corville  (Joinville /SC)
Data: 11/03/12 – Domingo
Horário: 08:08 hs
Tempo total = 1h29’02”
Km total = 13,95 Km
Ganho de elevação = 57 m
Calorias = 1375 C
Ritmo médio = 6,23 min/Km
Velocidade média = 9,40 Km/h
BPM médio = ---
BPM máximo = ---



11 comentários:

walter disse...

Fábio, normal, uma hora isso acaba acontecendo, é tirar as lições, ver onde errou, se é que houve erro, porque pode simplesmente não ter sido o dia, e mirar o próximo alvo.

Yeda disse...

Fabio, não se culpe, nem sempre nos sentimos bem numa prova e desistir pode ter te poupado de problemas maiores, mesmo agora pensando que podia ter seguido em frente.
O importante é saber se perdoar, aprender com as falhas, sacudir a poeira e seguir em frente.

Bjos

Yeda

Xampa disse...

puuuutttz, isso nao deve ser facil de lidar.
melhoras.

CORRIDA SEM LIMITES disse...

Olá!!!
Fábio comigo já aconteceu de caminhar na corrida e pensar em desistir as vezes nossa cabeça atrapalha muito,quando pensei em desistir lembrei só de coisas boas e as pernas começaram a dar forças.
abraço .

Guilherme Preto disse...

Tem dias que não é pra ser, e parabéns pela humildade de aceitar que não era teu dia e parar, respeitando tua ferramenta mais importante, o corpo!
Tenho outro amigo que também pensou em parar nessa prova, dizem que estava um calor insuportável...
Mas estou na torcida pra nunca mais aconteça, e na Meia de Floripa nos vemos na chegada!!!
Abs
Guilherme

http://corrervicia.blogspot.com

Ingrid disse...

Fabio,
Acontece!
Relaxa. Existem vários motivos e situações no dia da prova que nos fazem ir muito bem, ou relativamente mal.
Que atire a primeira pedra...quem nunca caminhou , ou mesmo pensou em desistir. Eu mesma não corri uma prova por medo.... tudo pago e não fui... isso sim é covardia.
O corpo grita e nos tornamos sábios quando aprendemos a ouví-lo.
To contigo e torcendo!
Abraço,
Ingrid

Jorge disse...

Fabio,
estar alinhado numa largada de 21K já é uma vitória,não se culpe,o que aconteceu só acontece com quem corre.
Grandes chances de fazer Florianópolis em 17 de junho, estou nos acertos finais.
Abraço e bons treinos !!
Jorge

PISANDO POR AI disse...

Fabio, fica tranquilo você já é um vitorioso de ter participado da prova, tem dia que parece que nada vai dar certo isso acontece, eu estou em um nivel mais baixo meu record de distancia ainda é 11K, que foi no domingo agora, minha expectativa era de terminar em menos de 1h acabei a prova em 01h:08min quase parando.

É isso ai campeão, volte aos treinos e arrebente !!!!

Forte Abraço

Léo

www.pisandoporai.blogspot.com

tutta disse...

Não se culpe, nem se cobre tanto assim não amigo.
Quebras acontece até com atletas de elite. Imagine com nós atletas amadores.
Talvés aquele fosse o momento de você realmente parar para não prejudicar ainda mais os eu corpo com o desgaste.
O importante agora é manter o foco e continuar treinando e esquecer o que passou.
Abraço e tudo de bom.


tutta/BALEIAS/PR
www.correndocorridas.blogspot.com

DricaPeixoto disse...

Isso faz parte do jogo!
Bons treinos!!!

Luiz Guilherme Loivos (Zé) disse...

Grande Fábio,
Não desista. Não fraqueje.
Num corredor o cérebro é a parte mais difícil de ser condicionado. Fortalecer coração e outros músculos, é mole. Eu sofro com isso diariamente.
Acredite em você. Pensamento sempre positivo e bora pra frente.
Agora... vc se preparou bem. Será que não houve uma falha na reposição energética? uma vez, num treino de 18 km, tudo ia lindo maravilhoso quando a energia acabou (faltando 3km pro fim). Não desmaiei, nem vi tudo rodando. Parecia que estava amarelando. Mas era meu cérebro me mandando parar antes que as coisas piorassem. Depois que parei, consegui apenas andar os 3km restante (e com dificuldades). Faça um bom retrospecto da sua alimentação; reposição de gel e hidratação. Na minha meia, quase me lasquei por erro na ingestão do gel. Em corridas longas, isso é fundamental.
Agora chega falatório.
Força na peruca meu irmão e bons quilômetros.
Abraço.