"Todo o crédito pertence ao homem que está de fato na arena; cuja face está arruinada pela poeira e pelo suor e pelo sangue; aquele que luta com valentia; aquele que erra e tenta de novo e de novo; aquele que conhece o grande entusiasmo, a grande devoção e se consome em uma causa justa; aquele que ao menos conhece, ao fim, o triunfo de sua realização, e aquele que na pior das hipóteses, se falhar, ao menos falhará agindo excepcionalmente, de modo que seu lugar não seja nunca junto àquelas almas frias e tímidas que não conhecem nem vitória nem derrota."


BLOG MELHOR VISUALIZADO NO MOZILLA FIREFOX!

28 de set de 2012

NOITE MEMORÁVEL...



Nesta quinta (27/09), ainda bastante resfriado, após um dia inteiro de luta mental (correr ou não correr nestas condições) resolvi participar da minha 12ª prova neste ano, tomei esta decisão por 2 motivos:

O primeiro era por que, mesmo não me sentindo 100%, sei que se não fosse o arrependimento seria forte e eu passaria o resto do final de semana muito frustrado por não ter participado...

E o segundo motivo, é porque um dos meus objetivos este ano é ganhar o Troféu assiduidade dado pelo Bela Vista Country Club aos atletas que participam de todas as suas corridas durante o ano (sócios ou não) e se eu não participa-se desta corrida... adeus uma das minhas metas...

Assim fui, mesmo delibitado e temeroso..., mas agora vejo que foi a melhor decisão, pois completei a prova sem maiores problemas... não foi meu melhor tempo, mas também longe de ser o pior. Fiz o meu melhor possível e com direito a sprint na última volta.

Mas o que me deixou mais feliz nesta noite foi correr os últimos quilômetros ladeado pelo meu amigo Vieira (exemplo de determinação e garra) e o Raul Cardozo (Idealizador e organizador durante 21 anos da antiga e lendária Maratona Internacional de Blumenau). Para mim foi uma honra correr acompanhado destas duas feras, pelo qual tenho profunda admiração!

Uma noite memorável ...



"Ganhar não quer dizer acabar em primeiro lugar. Não quer dizer bater os outros. Ganhar é vencermo-nos a nós próprios. Vencer o nosso corpo, os nossos limites e os nossos medos. Ganhar significa superar-nos a nós mesmos e tornarmos os nossos sonhos realidade." Correr ou Morrer, de Kilian Jornet.

Nenhum comentário: