"Todo o crédito pertence ao homem que está de fato na arena; cuja face está arruinada pela poeira e pelo suor e pelo sangue; aquele que luta com valentia; aquele que erra e tenta de novo e de novo; aquele que conhece o grande entusiasmo, a grande devoção e se consome em uma causa justa; aquele que ao menos conhece, ao fim, o triunfo de sua realização, e aquele que na pior das hipóteses, se falhar, ao menos falhará agindo excepcionalmente, de modo que seu lugar não seja nunca junto àquelas almas frias e tímidas que não conhecem nem vitória nem derrota."


BLOG MELHOR VISUALIZADO NO MOZILLA FIREFOX!

23 de jun de 2013

SEMANA 03 - RETROSPECTIVA

Após o susto de terça-feira quando senti o joelho durante o treino, logo tomei as providências que entendi necessárias, fui à farmácia e tomei uma injeção de antiinflamatório (Dispropan/movatec) e comecei aplicação de gelo no local. Segundo o farmacêutico deveria esperar 48 horas para voltar a treinar . Eu repousei até hoje... 

O antiinflamatório é “power” praticamente não sentia mais nada já na quinta- feira...

 Nesta semana vou conversar com o professor de musculação para alterar os exercícios de pernas (outros exercícios para reforço muscular, sem utilização de peso ou equipamentos que eu possa me lesionar). Acredito que minha lesão se deu por excesso de carga ou por movimento errado na extensora, flexora ou no aparelho de agachamento com peso (Hack)! Costumo fazer o Hack com 5 quilos cada lado e a extensora e flexora “sem peso”. Na semana passada fiz as 2 primeiras séries do Hack com 10 quilos em cada lado e como achei pesado, voltei a fazer a última série c/ 5 quilos. Após este dia senti um pouco de desconforto no joelho durante a semana, mas depois de alguns minutos de aquecimento o desconforto sumia (1’ – 2’). 


Hoje, por conta do joelho, fiz a prova com todo cuidado possível, percurso com muitas subidas, estrada de chão e asfalto. Senti um pouco de insegurança enquanto corria, temendo que o joelho fosse pro “pau”, mas, felizmente, senti pouquíssimo desconforto durante a corrida. ..
Tempo total = 44’43”
Km total = 7,75 Km
Ganho de elevação = 103m
Calorias = 753c
Ritmo médio = 5,46min/Km
Velocidade média = 10,4Km/h
Mesmo assim, mais uma para o currículo...
 
 

4 comentários:

walter disse...

Fábio, em 2009 só consegui correr a Maratona de Curitiba porque tomei essa injeção de dispropan, realmente é muito bom, mas o médico me informou que deve-se tomar somente em caso extremo, sei lá se era para me assustar. Vale consultar um ortopedista. Abraço.

ivana. disse...

Pois é, medicação sem médico não é o ideal ... Meu carinho e boa semana.

Marcelo Alves de Almeida disse...

Ola Fabio,
Senti um frio na barriga quando li seu comentário. No início do ano aconteceu a mesma coisa comigo, tive dores no joelho depois que mudei o grupo muscular, em alguns exercícios na academia. Também foi por excesso de peso. Precisei eliminar por algumas semanas o hack, extensor e outros equipamentos que exigissem qualquer força no joelho. Não sobrou quase nada de exercício para fazer, rs. Precisei voltar ao "zero" e ter muita paciência. Agora, sempre preciso lembrar, em ouvir mais os sinais do corpo.

Bons treinos e se cuide.
Abracos.

www.corramais.blogspot.com.br

Helena Clebsch Vidal disse...

Fábio, que bom que a história do joelho foi mais um susto. Se cuida aí, heim.
Sobre a prova, achei muito bom o seu ritmo e a medalha. Parabéns por mais uma conquista.
forte abraço e bons treinos.
Helena
correndodebemcomavida.blogspot.com
@Correndodebem