"Todo o crédito pertence ao homem que está de fato na arena; cuja face está arruinada pela poeira e pelo suor e pelo sangue; aquele que luta com valentia; aquele que erra e tenta de novo e de novo; aquele que conhece o grande entusiasmo, a grande devoção e se consome em uma causa justa; aquele que ao menos conhece, ao fim, o triunfo de sua realização, e aquele que na pior das hipóteses, se falhar, ao menos falhará agindo excepcionalmente, de modo que seu lugar não seja nunca junto àquelas almas frias e tímidas que não conhecem nem vitória nem derrota."


BLOG MELHOR VISUALIZADO NO MOZILLA FIREFOX!

22 de mai de 2014

QUE VENHAM AS LADEIRAS, E QUE SEJA COM VENTO CONTRA!!!

Para mim a corrida sempre foi e será uma longa (e sempre íngreme) estrada.  Se um dia eu disse que era fácil, estava mentindo! Como prega a Lei de Murphy: “não importa onde você vá, sempre será ladeira acima, com vento contra”.

Mas mesmo assim, eu não desisto! Ainda que seja difícil, ainda que seja dolorido, ainda que seja cansativo...
Não desisto, porque a cada dia percebo os benefícios, mesmo que as mudanças sejam lentas, mesmo que sejam pequenas, percebo como melhorei nos últimos 5 anos.

Como diz o rap do Projota:
Não sei, se faço o melhor
Mas sei que faço o meu melhor
Ei, o que eu preciso eu sei de cor
Foco, força, fé e suor!

Antes era 3 dígitos na balança, hoje são 2. Aos 35 anos me sentia velho, hoje beirando os 40 anos me sinto mais jovem, mais disposto e porque não dizer, muito mais feliz!!!

Naquela época gostava de não fazer nada! Hoje curto dar uma caminhada, gosto de surfar e andar de Bike vez ou outra, mas principalmente amo correr...

Antes, atravessar a rua correndo era um suplício! Hoje se for para fazer menos de 5K não tem nem graça...

A corrida sempre será uma longa (e sempre íngreme) estrada, não importa onde eu vá, é sempre ladeira acima e vento contra. Mas quer saber?

Não me importo! Aprendi a gostar das dificuldades, adoro o desconforto muscular no dia seguinte, depois de um treino forte! Gosto da sensação das pernas pegando fogo e do pulmão saindo pela boca nos treinos de tiros.

E gosto muito mais da sensação de dever cumprido após um treino forte, da alegria após a conclusão de uma prova, do prazer de ter corrido milésimos de segundos mais rápido que na outra prova, de cada dia, ser melhor do que no dia anterior....

Que venham as ladeiras, e que seja com vento contra!

Quero ser melhor do que fui ontem
Melhor do que eu sou
Não melhor do que você
Só o melhor que eu possa ser... (Projota)










4 comentários:

ivana. disse...

"Simbora" para as ladeiras, então, amigo ... Meu carinho.

Dionisio Silvestre disse...

É isso aí Fábio, você tem a alma dos Ultramaratonistas. Forte abraço e que os bons ventos soprem a seu favor.

Helena Clebsch Vidal disse...

Que texto mais bacana, Fábio. Super motivado. Foi pós-treino?! kkkk boas corridas!!
helena

Luiz Souza disse...

Linda mensagem Fabio. Eu te agradeço